Make your own free website on Tripod.com

 


EL DIA DE
PENTECOSTES

El Espíritu que recibimos por medio de creer es el Espíritu que da vida (1 Co. 15:45), que está habitando en nosotros interiormente. Pero, para que obtengamos Su poder que nos capacita a hablar y realizar la oabra del Señor, es necesario ejercitarlo. Las reuniones son un buen ambiente para esto.
En ella podemos invocar el nombre del Señor, orar y leer la Palabra de Dios, cantar y hablar los himnos.
De esta forma, estaremos ejercitando nuestro espíritu hasta transbordar. Este transbordar no debe restringirse tan solamente a nuestra satisfacción espiritual, sino antes debe suplir a otros. Podemos testificar esto después de la experiencia de Pentecostes, cuando los nuevos cristianos vivivan de manera muy saludable: "Y perseveraban en la doctrina de los apóstoles y en la comunhão, no partir do pão e nas orações” (Atos 2:42). Esta experiencia con el Espíritu necesita producir este vivir de perseverar en la enseñanza de los apóstoles: Dando una especial atención a la Palabra de Dios ministrada por Sus siervos, leyendo periodicamente la Biblia; en la comunión: esta comunión era para el rumiar de las porciones de las palabras que oían, compartiendolas con los santos; en el partimiento del pan: en que podemos acordarnos de la muerte victoriosa del Señor y dar testimonio de la unidad del Cuerpo de Cristo; y en las oraciones: cuando podemos interceder por los intereses de Dios y colocar a nuestros hermanos en Su presencia con el fin de que sean suplidos en sus necesidades. (PAV 160)


Um grupo de ceapistas, visitaram uma jovem para falar da salvação em Cristo Jesus, e deixaram um exemplar do Alimento Diário. Ela pediu que voltassem à tarde, para falarem mais sobre esta nova vida.
Os ceapistas retornaram conforme haviam combinado, mas não encontraram o endereço que lhes foi dado. Eles continuaram buscando, até que chegaram à beira de um rio, onde um grupo de mulheres estava lavando suas roupas. Então, aproveitaram esta oportunidade para falar-lhes sobre o amor de Jesus, e ofereceram o Alimento Diário. Esta lavadora, lavou os seus vestidos invocando: “OH SENHOR JESUS!”
Os ceapistas foram convidados em sua casa, e toda sua família foi salva. Aí, ficou estabelecido uma reunião de curso bíblico.


Chegaram na cidade de Eldorado (Argentina), para propagar o Evangelho. Eram quatro ceapistas, que precisavam continuar dependendo do Senhor.
Eles alugaram uma casa, e combinaram com o proprietário de pagar o aluguel em quinze dias. Agora tinham de fazer colportagem para contatar as pessoas, e encontrar um lugar para fazer cursos bíblicos.
Cada dia, eles experimentavam o Senhor, que os supria abundantemente, e também os conduzia às pessoas que seriam salvas.
No final dos quinze dias que estiveram nessa cidade, foram sustentados pelo Senhor; pagaram o aluguel; e o mais glorioso foi que se batizaram três famílias, as quais estão praticando a vida da igreja.

 


Tudo está pronto para a volta do Senhor, mas há ainda na América do Sul, mais de 8000 cidades onde não há o testemunho da unidade da igreja.
O CEAPE forma colportores. Os colportores são irmãos que permitem que o Senhor transforme o seu interior, e depois de 40 semanas, estão prontos para migrar à cidades onde não há a vida da igreja.
Você pode vir ao CEAPE e ofertar para formar mais colportores.

Deposite sua oferta hoje mesmo no Banco Bradesco:
Agência 202/0 C/ Poupança 54669/0,
em nome de: Igreja em Goioerê.
Pelo avanço defesa e confirmação do evangelho
Jaime Ganduglia
ceapefoz@brturbo.com.br